DETERMINAÇÃO DA OCORRÊNCIA DE SHIGELLA/SALMONELLA ATRAVÉS DO EXAME DE COPROCULTURA EM POMBAL SITUADO NO INTERIOR DA ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM IZIDORO MARINS, SOROCABA/SP

Valcilei Corrêa

Resumo


Dentre as mais diversas enfermidades contagiosas ao ser humano e a outros animais, estão as enterobactérias, como a Salmonella spp e a Shigella spp que possuem afinidade pelo sistema digestório e causam problemas intestinais. Sabe-se que aves ( Columba livia) podem transmitir doenças através de suas fezes, sendo assim, coletou-se 30 amostras em diferentes pontos da respectiva escola e submeteu-se à análise de Coprocultura, onde o procedimento bacteriológico consistiu das etapas de pré-enriquecimento, enriquecimento em caldo seletivo, plaqueamento, teste bioquímico e confirmação sorológica.O enriquecimento seletivo foi feito com caldo Tetrationato e iodo e os meios de cultura para plaqueamento foram o Agar SS, Agar MC e Agar VB. Através do método empregado, não foi detectada a presença de Salmonella spp e sim de Shigella dysenteriae e Shigella Flexneri nas amostradas analisadas.

Palavras chave: Salmonela, Shigela, Escola, Pombos.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários