Biogeografia histórica da região neotropical: Análise de Parcimônia de Endemismo com dados distribucionais de peixes

Ângela Goldani

Resumo


Pesquisa em Biogeografia histórica na região Neotropical é um campo em constante avanço, visto que a região é dotada de vasta biodiversidade. No presente trabalho foi utilizado o método da análise de parcimônia de endemismo (PAE) a fim de relacionar as freshwater ecoregions usadas como unidades geográficas operacionais (OGUs) na região Neotropical com dados distribucionais de peixes. Foram utilizadas na análise do método PAE 131 espécies distribuídas em 44 ecoregiões pré estabelecidas. Resultou da aplicação da metodologia um cladograma de consenso com 275 passos, índice de consistência 0,47 e índice de retenção 0,51. Os agrupamentos de áreas formados corroboram outros estudos anteriores com vários grupos taxonômicos distintos. Mesmo em grande escala, podemos inferir que são áreas que merecem atenção conservacionista por comportarem espécies endêmicas. Dentre as perspectivas futuras, destacamos o incremento de novas espécies em outras análises.

Palavras-chave


biogeografia histórica, análise de parcimônia de endemismo, ecoregiões, peixes neotropicais

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários