Comentários do leitor

Sofro De Ansiedade, Tenho Que Cortar Totalmente O Café?

"Terrell Halligan" (2020-06-30)


13 Sintomas de depressão Irritabilidade. Sentimentos de culpa, inutilidade ou desamparo. Perda de interesse ou prazer pela vida, hobbies e atividades. Sentir-se inquieto ou ter problemas para ficar sentado.

A maioria das pessoas já teve insônia em algum momento de suas vidas, mas o risco de ter insônia aumenta com a idade e com doenças graves, como o câncer. A doutora Luciane Mello, Zen Caps onde comprar otorrinolaringologista do Hospital Federal da Lagoa (RJ), fala sobre diversos problemas que a insônia pode gerar. "A privação do sono leva a falta de atenção, a dificuldade de concentração, de memória, no caso a privação crônica do sono. Então dormir pouco e com uma qualidade ruim, aumenta a irritabilidade e isso também acaba diminuindo a expectativa de vida. Uma noite de sono mal dormida pode gerar problemas de saúde, estresse durante o dia e até mesmo ser um indício de depressão.

Pacientes com transtornos de ansiedade às vezes interpretam estímulos fisiológicos (como os batimentos cardíacos) como ameaçadores, mesmo na ausência de um problema físico. O fundamental é que ele seja capaz de perceber que "o alarme disparou, mas não há nenhum incêndio" e, assim, se tranquilizar. Outra importante estratégia de prevenção da ansiedade é incorporar o exercício em suas atividades diárias. É comprovado que a prática de exercícios reduz os hormônios do estresse que influenciam a ansiedade e também melhora o humor como um todo. O exercício também pode ajudá-lo a se desvencilhar da preocupação e do estresse e a focar na tarefa de se exercitar.

A ansiedade a noite pode estar relacionada ao estresse que se vive durante o dia. E a noite, normalmente, é o momento correto para poder relaxar, desligar a mente e o corpo do agito do dia, se preparando para uma noite de sono com repouso certo e bem estar para recuperação de energia. Isso acontece, porque a mente está de alguma forma atenta a algum fato ou pensamento. A mente está em alerta, como se pudesse dessa maneira proteger quem está ansioso. E a dificuldade de entrar num estado de tranquilidade só leva ao desgaste e mal estar.

Existem muitas causas para alguém desenvolver respostas de ansiedade. Vou falar mais sobre o tema para que você possa escolher melhores ideias para se ajudar no processo de cura. Para poder acabar e tratar a ansiedade é importante não só entender o que é, mas como isso afeta sua vida diretamente, pois os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. No geral, a ansiedade é a resposta a sentimentos e pensamentos que acompanham as pessoas ao longo da vida, ou seja, é algo normal, porém pode estar intensificado, causando mal estar e grande desconforto. No entanto, há pessoas que sofrem com transtorno de ansiedade, caracterizado pela sensação excessiva de preocupação e medo até diante das situações mais simples do cotidiano.

Exercícios como corridas leves ou caminhadas rápidas que podem ser incorporadas em suas atividades diárias podem ajudar a reduzir o impacto da ansiedade quando ela ocorre. Em muitos casos ela pode ser benéfica, como quando faz uma pessoa a estudar para uma prova difícil ou força alguém a fugir do perigo.

A hiperventilação (frequente nos ataques de pânico) pode causar alcalose metabólica, piorando o desconforto físico e gerando outras interpretações catastróficas. O indivíduo vulnerável fica apreensivo à possibilidade de novos ataques após um primeiro, pois cada crise intensifica o medo e a rede de interpretações do que a causou e de suas consequências. Deve-se reforçar o caráter passageiro (cerca de minutos) do ataque e, especialmente, instruir ao paciente para que ele respire pelo nariz e não pela boca, enfatizando a importância de ele tentar controlar a frequência de inspirações no intuito de não hiperventilar. Em grande parte das vezes, a tranquilização rápida e o caráter autolimitado dos sintomas são suficientes para terminar com a crise.

As pessoas costumam associar sonolência diurna com os problemas do sono. "Sintomas de cansaço, fadiga e sono durante o dia são um prenúncio de que o sono não está indo bem", alerta Piovezan. Mas às vezes a causa não é um distúrbio, e sim a privação de sono.

Existem diversos distúrbios do sono que dificultam o descanso necessário ao corpo, mas hoje vamos conversar um pouco sobre a insônia – que afeta a cada dia mais brasileiros. Muitos pacientes com Insônia Idiopática (sem causa aparente) relatam dificuldade para dormir de início ainda na infância. A melatonina é um hormônio que ajuda a promover o sono e que regula o ciclo sono-vigília.

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma terapia de curto prazo e a mais amplamente utilizada para transtornos de ansiedade. As pesquisas mostram que a TCC é eficaz no tratamento do transtorno do pânico, fobias, transtorno de ansiedade social e transtorno de ansiedade generalizada, entre muitas outras condições. Costumo dizer que ter Transtorno de Ansiedade é matar um leão por dia pra sobreviver às oscilações entre mente e corpo. É viver exausta, com insônia, ou, como no meu caso, com um sono sem fim. É encarar o olhar de desconfiança de uma maioria absurda de pessoas que ainda acham que transtornos mentais são "frescuras".