A GRANDE TRANSFORMAÇÃO: igualdade

Marilice Pereira Ruiz do Amaral Mello

Resumo


Este texto tem o objetivo de refletir os escritos de Espírito Santo (2015). Um dos momentos de transformação diz respeito à questão da igualdade. Serão examinadas aqui as discriminações que vão se infiltrando em nossa existência, tanto nos tornando discriminados como discriminadores. Sobretudo propor questionamentos e reflexões. Passar-se-á por questões religiosas, raciais, sexuais, econômicas e outras que possam implicar em marginalizações. Hoje se faz presente na Educação aquilo que denominamos de Inclusão, que está caminhando na direção da transformação aqui apontada. É preciso observar que grande parte da violência presente nas escolas, como por exemplo, o bullying é fruto exatamente de discriminações ainda não trabalhadas. Será fundamental a percepção do educador no sentido de que cada aluno é singular e deve ser incluído sem discrição ou discriminação.

 


Palavras-chave


Igualdade. Equidade. Inclusão. Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Maria Dolores Fortes. Favorecendo a inclusão pelos caminhos do coração: complexidade, pensamento ecossistêmico e transdisciplinaridade.-Rio de Janeiro: Wak Ed., 2009.

______ A Grande Transformação. Curitiba: Editora CRV, 2015.

______ Beleza, Alegria e Amor em poesia. Curitiba: Moura S A, 2016.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 2006.

SILVA, T. T da. Identidade e diferença. Organizado por Tomaz Tadeu da Silva. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2000 p. 73-102.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2179-7498

Interespe está indexada em: