n. 5 (2015)

Hesperornis é a ave mergulhava como os pinguins, para caçar assim "como o homem”. Esta informação de certa forma quebra o raciocínio do leitor, passando para um nível de identificação e inquirição existencial: ali o homem não mergulhava literalmente, mas sim, orava. Ou seja, uma metáfora de que o ser humano também “mergulhava”, mas de forma mental, com sua mente, aos abismos das questões mais complexas da filosofia, enquanto que a ave apenas mergulhava de forma material. Ao mesmo tempo, são bípedes as aves e o homem, numa nítida alusão à sua evolução coincidente na história natural, em que é um ser que também detém o potencial de destruição (ou de sustento).

Sumário

EDITORIAL

EDITORIAL
Herminia Prado Godoy
PDF
8-9
 
PDF
11-17
AUTO SUSTENTABILIDADE: criando raízes, movimentos e transformação na educação.
 
PDF
19-28
 
PDF
30-36
 
37-42
 
PDF
43-45

PESQUISA DO INTERESPE

PARECERES DO PROF. RUY CEZAR DO ESPÍRITO SANTO EM DISSERTAÇÕES E TESES DOS ALUNOS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CURRÍCULO DA PUCSP
Ruy Cezar do Espírito Santo
PDF
47-55

ESPAÇO ABERTO

COMO ESTRELAS NA TERRA, TODA CRIANÇA É ESPECIAL
Monica Vieira de Araujo Franco
PDF
57-58
CRESCENDO COM AS LIÇÕES DA ESCOLA BÁSICA
ERIKA REGINA MOZENA
PDF
59-60
LINGUAGEM POÉTICA
RUY CEZAR do ESPÍRITO SANTO
PDF
61-62
Nesse homem Deus se manifesta
PAPA FRANCISCO PAPA
PDF
64
 
PDF
66
 
PDF
67
DIRETRIZES E NORMAS DE SUBMISSÃO E REVISÃO TÉCNICA PARA AUTORES E PARCERISTAS.
 
PDF
68-70