Estudo do uso de medicamentos potencialmente inapropriados em idosos da Estratégia Saúde da Família

Samilla Roversi Guiselli, Luísa Scheer Ely, Paula Engroff, Eduardo Lopes Nogueira, Irenio Gomes

Resumo


Os objetivos foram estimar a prevalência de medicamentos potencialmente inapropriados (MPI); e examinar associações de MPI com variáveis socioeconômicas e de saúde. O estudo foi transversal e realizado em idosos da Estratégia Saúde da Família, do município de Porto Alegre, RS. Os medicamentos foram classificados por princípio ativo e, para avaliação dos MPI, foram utilizados os critérios de Beers. Fizeram parte deste estudo 761 idosos. A média de medicamentos utilizada foi de 4, a prevalência de MPI foi de 32,2%, e foram identificados 41 diferentes MPI.

Palavras-chave: Idoso; Sistema Único de Saúde; Prescrição Inadequada.


Palavras-chave


Idoso; Sistema Único de Saúde; Prescrição Inadequada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2016v19i2p243-257

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.