A percepção da aposentadoria na carreira de professor: análise do filme “Lugares Comuns”

Melânia Paula Pavoni, Juliana Frighetto

Resumo


RESUMO: Com o aumento da expectativa de vida das pessoas, passa-se mais tempo em período de aposentadoria. Especificamente na carreira de professor, peculiaridades são percebidas e requerem reflexões. Com isso, objetivou-se discutir, no contexto da velhice e aposentadoria, alguns aspectos dessa relação por meio da análise do filme “Lugares Comuns”, de modo especial o personagem Fernando, que representa um professor universitário aposentado. As telas de cinema são um lugar privilegiado para se discutir questões complicadas ligadas ao envelhecimento e à velhice. Verificou-se que, diante da aposentadoria, o personagem vivenciou sentimentos de inutilidade (prevalente), de estar fora do sistema (exclusão), de vergonha e de culpa, quando poderia poder cumprir expectativas outras nessa sua nova fase de vida. Considera-se que a análise do filme permite discutir a questão dos programas de preparação para a aposentadoria que podem auxiliar as pessoas para que esses tipos de sentimentos não ocorram ou sejam minimizados.


Palavras-chave


Aposentadoria; Velhice; Emoções.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2016v19i1p297-315

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.