Direito à cidade: um estudo sobre o mercado imobiliário informal no bairro de Mãe Luiza (Natal/RN)

Carmem Cristina Fernandes do Amaral

Resumo


Diante da dificuldade do poder público em atender à demanda por habitação digna e acesso ao solo urbano da população brasileira, principalmente da mais carente, alternativas, como a informalidade, têm sido buscadas como o meio mais rápido e eficaz de garantir o direito à cidade àqueles de menor poder aquisitivo. Desse modo, este artigo tem por finalidade discutir a dinâmica imobiliária informal de Mãe Luiza – bairro de população carente de Natal/RN – com base em dados obtidos por meio de entrevistas por questionário, com questões abertas e fechadas, junto a uma amostra representativa e aleatória dos moradores do bairro, distribuídos nos setores censitários estabelecidos pelo IBGE.

Palavras-chave


dinâmica imobiliária; informalidade; habitação; direito à cidade; Mãe Luiza

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/14796

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: