‘ORGANIZAÇÃO LIMINAR’: A EMERGÊNCIA DE ORGANIZAÇÕES NO CAPITALISMO HARDCORE – NOTAS SOBRE O MOVIMENTO ‘OCUPAR’

Fabio Bittencourt Meira

Resumo


Este artigo é uma empreitada interdisciplinar em que os conceitos antropológicos liminaridade e communitas – desenvolvidos por Victor W. Turner para explicar ritos de passagem – são trazidos para o campo dos Estudos Organizacionais para discutir a emergência de organizações contra-hegemônicas no capitalismo atual. O objetivo é entender e caracterizar a tipicidade dessas organizações. Para tanto, formula-se uma proposição conceptual: ‘organização liminar’, uma concepção de organização imersa na dialética processo-estrutura. A seção empírica analisa o movimento ‘Ocupar’ com apoio nesta concepção. Conclui-se que a ideia de ‘organização liminar’ pode constituir-se abertura profícua para a compreensão da tipicidade das organizações anti-hegemônicas emergentes da atualidade.


Palavras-chave


Organizações, liminaridade, emergência, capitalismo, movimento ‘Ocupar’

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: