IDENTIDADE MASCULINA: UMA ANÁLISE DO ATO PERFORMÁTICO DE DIRETORES HOMENS NUM ESPAÇO DE PREDOMINÂNCIA FEMININA

Kris Herik Oliveira, Nereida Silveira

Resumo


A identidade masculina é entendida como o autoconceito que uma pessoa tem sobre ser masculino, de acordo com os significados de gênero socialmente construídos. Este estudo objetivou analisar, sob a perspectiva dramatúrgica de Erving Goffman, como são representadas as identidades masculinas de diretores homens num ambiente com predominância numérica de mulheres, em um campo onde elas são historicamente sub-representadas: a pesquisa agrícola. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de caráter exploratório-descritivo, desenvolvida nos moldes de uma metáfora teatral. Foram realizadas quatro entrevistas semiestruturadas com homens que ocupam o cargo de diretor numa única organização. A análise comparativa dos dados evidenciou que características naturalizadas como femininas, principalmente as que fazem referência ao estilo suportivo (maternal), são rejeitadas na construção das personagens. As características consideradas naturalmente masculinas foram apresentadas como as mais positivas para o desempenho do papel.


Palavras-chave


Identidade; Masculinidade; Metáfora teatral

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: