A HOMOGENEIZAÇÃO MUNDIAL DOS HÁBITOS ALIMENTARES: UM ESTUDO DA VENDA DE ALIMENTOS NA FESTA DO ARRAIAL DE SANTO ANTÔNIO

Dario de Oliveira Lima-Filho, Ana Beatriz Moreno Flores, Izadora de Almeida Cavalcanti, Nayara de Souza Arca, Filipe Quevedo-Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a comercialização de alimentos na Festa do Arraial de Santo Antônio de Campo Grande/MS. Especificamente procura-se entender como as barracas que ofertam alimentos na festa definem seus cardápios; a razão de serem ofertados alimentos globalizados ao invés de produtos típicos; e, por fim, entender o porquê da maior demanda por produtos globalizados mesmo em uma festa tradicional. A Festa de Santo Antônio é realizada todos os anos na cidade; além de ser entretenimento para a população gera ganhos econômicos para as entidades beneficentes participantes. Para tanto, foi conduzido um estudo qualitativo junto aos comerciantes. Os resultados mostram que as barracas/varejistas se adaptaram às mudanças de hábitos alimentares do consumidor e, com isso, obtiveram melhor resultado financeiro, além de maior facilidade e praticidade na produção e armazenamento dos alimentos prontos.


Palavras-chave


Hábitos Alimentares; Alimentos Globalizados; Comidas Típicas.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: