O Trabalho Agrícola no Brasil: Educação e Determinantes do Acesso à Internet

Nelly Maria Sansigolo Figueiredo, Angela Maria Cassavia Jorge Corrêa

Resumo


São investigados indicadores de educação e exclusão digital entre os trabalhadores agrícolas no Brasil e regiões em 2005, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, segundo o local de residência: rural ou urbano. Utilizam-se métodos estatísticos exploratórios e modelos de regressão Logística. A distribuição de escolaridade não se diferencia entre residentes em domicílios rurais ou urbanos, mas apresenta diferenças regionais acentuadas. No Sul é muito superior relativamente ao País e regiões, e em especial em relação ao Nordeste e Norte do País. A exclusão digital é mais um aspecto a caracterizar as diferenças regionais no País. O acesso à internet entre os ocupados agrícolas é pequeno no Brasil, mas muito desigual entre as regiões, sendo bem maior em São Paulo, Sul e Centro-Oeste. A exclusão digital estimada pelo acesso à internet é maior entre os ocupados agrícolas residentes em áreas rurais do País, exceto no Sul. Tanto a educação como o acesso à Internet caracterizam-se como relevantes para a preservação das grandes disparidades regionais quanto ao desenvolvimento, ratificando a necessidade de adoção de políticas públicas regionais e setoriais diferenciadas visando reverter esse quadro.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: