A SEGMENTAÇÃO, O PREMIUM E O ROBERTO DAMATTA

Bruno Pompeu, Janiene Santos, Silvio Sato

Resumo


A prática da segmentação de mercado tem sido posta em questionamento constante, decorrente, principalmente, das próprias evoluções dos consumidores. Por isso é que muitos esforços têm sido dedicados à elaboração de formas mais refinadas, sofisticadas ou até inovadoras de se “atingir” o consumidor – ou de apenas nele mirar. O chamado “universo premium” tem sido um dos segmentos mais levados em conta pelas empresas na hora de criar produtos ou posicionar marcas (consequência em parte do desenvolvimento econômico do país e da ascensão social de um crescente número de pessoas), e este texto tem a intenção de analisar tal segmento, dentro da cultura brasileira, por uma perspectiva antropológica. É a tentativa de se buscar, para a prática cotidiana e imediatista do mercado, respaldo e esteio em pensamentos acadêmicos e elaborados.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: