O acesso dos afrodescendentes brasileiros ao ensino superior: uma reflexão em torno da contribuição de Amartya Sen

Cassiano Ricardo Martines Bovo

Resumo


Este artigo trata da exclusão social do afrodescendente no Brasil, vista sob a perspectiva do acesso ao ensino superior. Algumas possibilidades têm surgido no país, tais como a Educafro, o ProUni e o sistema de cotas. Pretende-se refletir em torno desses sistemas de acesso sob a ótica da teoria do bem-estar e do desenvolvimento como liberdade do economista indiano Amartya Sen, ganhador do Prêmio Nobel de Economia de 1998.

Palavras-chave


Amartya Sen; afrodescendentes; teoria do bem-estar; liberdade; capacidade; funcionamentos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: