Bem-estar, pobreza e desigualdade de rendimentos entre as pessoas ocupadas na agricultura brasileira: uma avaliação da evolução e das disparidades regionais no período 1995-19991

Angela M. C. Jorge Corrêa, Francisco Constantino Crócomo, Maria Imaculada de Lima Montebelo, Nelly Sansígolo de Figueiredo

Resumo


O estudo investiga a relação entre distribuição de renda e bem-estar das pessoas ocupadas na agricultura brasileira no período 1995-1999, com base nas informações das PNADs — IBGE. O bem-estar melhora no Sul (dominância de 1ª ordem), São Paulo e Centro-Oeste (dominância de 2ª ordem). Em geral, há ganhos de rendimento médio nos décimos mais pobres e perdas entre os décimos superiores. Esses resultados são analisados no contexto da política econômica e das transformações no Novo Rural Brasileiro.

Palavras-chave


Desigualdade; pobreza agrícola; bem-estar; agricultura brasileira

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: