O cotidiano escolar e a promoção de autonomia – uma análise das práticas e dos discursos pedagógicos

Ana Paula Sthel Caiado, Claudia Broetto Rossetti

Resumo


Trata-se de um estudo sobre a inserção, na escola, de estratégias facilitadoras do processo de construção da autonomia. De acordo com a abordagem psicogenética, são condições indispensáveis a tal processo o aproveitamento dos recursos e interesses infantis, de forma a possibilitar a livre construção do conhecimento e o estímulo a trocas sociais cooperativas baseadas no respeito mútuo e na reciprocidade. Buscou-se, então, analisar o cotidiano de uma escola do município de Vitória-ES, procurando nele identificar situações favorecedoras do pensar e agir autônomos. Foram observadas uma turma de pré e outra de quarta série e realizadas entrevistas com seus respectivos professores. Para tanto, utilizou-se um protocolo de observação na forma de registro de ocorrência, além de um roteiro de entrevista. De maneira geral, foram encontradas algumas das evidências consideradas neste trabalho como características de um ambiente sociomoral, entretanto, sua freqüência na maioria dos casos foi inferior à dos aspectos a elas contrapostos.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: