Assédio moral X clima organizacional: impacto na produtividade organizacional

Ana Maria Oliveira do Nascimento, Silvana Patrícia dos Santos Silva

Resumo


Este artigo visa abordar o problema do assédio moral nas empresas, um tema que ao longo do tempo vem ocupando lugar de destaque nas organizações. A vulnerabilidade e passividade do colaborador diante do agressor demonstra o lado oculto deste comportamento que é observado no dia-a-dia das organizações, esse artigo tem como objetivo demonstrar porque em muitos casos o colaborador submete-se ao assédio moral e por que quem agride está sempre em posições superiores. A queda na produtividade e os problemas de saúde que surgem como conseqüências da submissão são apenas alguns dos fatores que podem desencadear. Sabemos que nessa era de globalização e constantes processos de mudanças, temos que ser mais ágeis, práticos e profissionais buscando sempre a excelência das organizações em que atuamos. Contudo é sabido também que a partir do momento em que a nossa integridade e dignidade não são respeitadas nem conservadas, devemos parar e reavaliar os conceitos e projetos. Destarte, poucas são as leis que podem nos proteger nesse momento, mas já se estuda muito a respeito para que esse mal atinja um número menor possível de pessoas.

Palavras-chave


Assédio moral; Impacto na produtividade; Leis contra o assédio moral.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v14i1.10183

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: