A RACIONALIDADE POR TRÁS DAS FUNÇÕES RITUALÍSTICAS: DESVENDANDO A ILUSÓRIA IRRACIONALIDADE DO MUNDO DOS NEGÓCIOS

Rafael Diogo Pereira, Reynaldo Maia Muniz, Daniel Calbino

Resumo


Partindo da percepção de que nas organizações existem diversas ações, políticas e condutas que, ao menos aparentemente, podem ser interpretadas como irracionais, o presente artigo teve por objetivo discutir qual seria a lógica por trás de tais atos. Neste sentido, foram abarcadas as contribuições teóricas oferecidas pela Teoria da Ação de Parsons, juntamente com a teoria Institucional e Neo-Institucional. Além disso, foi realizada uma breve discussão acerca dos conceitos de Racionalidade Instrumental e Substantiva. A partir das análises, frente à opção teórica delineada, pode perceber que na essência de tais atos, aparentemente irracionais, reside uma lógica calcada em avaliações e interpretações racionais, desde que devidamente analisadas a partir das especificidades de seus contextos. Dessa forma, ao rotular como irracional os altos custos assumidos pelas organizações, para a participação de seus funcionários em “eventos espetaculares” cultuados pelo mainstream, ou despesas com cursos de MBA´s, que muitas vezes não representam o retorno de conhecimento esperado, tais atos são plenamente racionais uma vez que visa consolidar sua legitimidade, elevar o consenso entre seus atores internos e externos, e assegurar a sobrevivência da organização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v13i2.5560

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: