Administração: Embates da Profissão e a Produção de um Campo de Trabalho

Susane Petinelli Souza, Claudiani Waiandt, Gelson da Silva Junquilho

Resumo


O artigo mostra os diferentes processos que levaram à emergência da administração como uma atividade profissional. Seu objetivo é dar a conhecer os movimentos que levaram à necessidade de administradores profissionais no Brasil e discutir alguns dos embates da profissão. Os processos de profissionalização são a necessidade de trabalho assalariado nas cidades por parte de uma população crescente, a necessidade de burocratas para o aparelhamento estatal no Brasil, de administradores para o gerenciamento em organizações privadas, e a desvalorização de determinados diplomas, em conjunto com a busca pela certificação no ensino superior numa área que anuncia empregabilidade. Em relação aos embates, administradores não são profissionais voltados apenas à concepção, tampouco são apenas técnicos. Aspectos políticos e valores não estão desvinculados das práticas de gestão administração. É preciso investigar como esses profissionais constroem no cotidiano, coletivamente nas organizações, práticas de gestão, tomadas em seus aspectos múltiplos e processuais.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v17i3.19317

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: