Comentários do leitor

10 dicas para controlar a ansiedade

por Lorena Souza (2020-07-22)


Está com dificuldades para moderar a impaciência recentemente? Todos nós vivenciamos momentos de grande ciúme durante da vida. E, às vezes, eles não são tão efêmeros quanto gostaríamos.

Sem as ferramentas apropriadas para labutar com a impaciência, aprendemos a coabitar com a absorção por tempo qualquer. Acabamos nos preocupando exageradamente e, no fim das contas, nossos maiores temores passam ábdito da existência. A verdade é que atrapalham a vida tangível.

Felizmente, há várias postura de manipular este dor tão antipático.

Transtorno de Impaciência x Dor de Impaciência

Realmente compensa realçar a diferença entre transtorno de impaciência generalizada e a impaciência vivenciada as vezes, uma vez que várias indivíduos também confundem os elementos básicos que os distinguem.

Transtorno de Impaciência Generalizada

Se você cheira uma grande dificuldade em moderar a impaciência no dia a dia, perante de cenários comuns os quais não apresentam ameaça, como entrevistas de emprego, apresentações no trabalho ou em dependência de exposição, ou até mesmo na linha da bunda, você é um forte candidato do transtorno de impaciência.

Neste entrecho, a impaciência se manifesta frequentemente, prevenindo-o de realizar lida ou atividades corriqueiras.

Perante de uma situação intimidadora, o coração dispara, as mãos e os membro não podem ficar quietos, a concentração é fraca e a indivíduo sente dificuldade para respirar. Ainda que a indivíduo ansiosa compreenda logicamente que suas reações são exageradas, não pode controlá-las.

Mais sinais incluem neurastenia, exaustão constante, fobias, impertinência, pensamentos catastróficos, receio excessiva e preocupação muscular, falta de sono, entre outros. O transtorno de impaciência se manifesta de postura tão variadas que pode acarretar mais, como a Síndrome do Susto e Transtorno Obsessivo Obrigante (TOC).

Dor de impaciência

Já o dor de impaciência apresenta-se no momento em que se enfrenta situações dificultosas. Embora de serem desagradáveis, as sensações de pesar oriundas desta absorção são passageiras.

Os sinais englobam palpitação, tremores, sudorese nas mãos ou em outras partes do corpo, gagueira, estresse e pensamentos negativos. Os elementos determinantes são a intensidade e a duração. O dor se dissipa depois de o eclipse do instrumento da zaragata e está agregado a situações específicas.

Cada um tem suas próprias limitações, dessa forma, essas situações são capazes de ser distintos para cada indivíduo. Dessa forma, não devemos acreditar ou subestimar indivíduo que afirma estar inquieto perante de um perspectiva o qual consideramos comum, porém, efetivamente, proporcionar palavras de conforto.

Como moderar a impaciência no dia a dia

Tanto para que pessoas padece com os sinais do transtorno de impaciência generalizada quanto destinado a pessoas ligeiramente ansiosas é ordem adotar mecanismos para moderar a impaciência. Afinal de contas, quem gosta de sentir todas as sensações negativas que a acompanham?

A símbolo para que as dicas funcionem de verdade é a revisão. Experimentar uma vez não é o satisfatório e não vai realizar a impaciência findar milagrosamente. Você necessita reproduzir práticas positivos por meio da reeducação do cérebro.

Pode badalar difícil, porém está ábdito disso! As nossas dicas são capazes de ser ágil e fácil incorporadas no seu rotina. Confira-as embaixo.

Treine a respiração profunda

Respirar fundo é um sugestão antecessor. No momento em que inspiramos o ar e expiramos lentamente, nosso cérebro compreende que podemos ( e devemos) descansar. O resultado é aproximadamente imediato.

Não obstante, pode ser complicado combater a respiração arquejante em situações estressantes ou de ira exacerbada mesmo respirando fundo. Isto ocorre visto que a respiração profunda similarmente é treino. Ela se torna mais efetivo com o tempo de execução. Apenas 2 minutos diários de treinamento são importantes para o seu corpo exercitar a se quietar de imediato.

Faça técnicas de descanso

Depois de um expediente provido, procure uma som relaxante, desligue as luzes do seu quarto ( se desejar ) e deite-se confortavelmente. Não pense no trabalho, nos complicações, nas pendências. Concentre-se somente em sua respiração e na som. De preferência, use fones de ouvido para escavar o descanso. Repetindo essa curta convenção de descanso todos os dias, você logo sentirá pouco impaciência.

Pode parecer uma execução estranha à primeira ideia, especificamente se você está habituado a alcançar em casa e ir direto para frente da TELEVISÃO. No entanto, momentos de repouso como esse são essenciais para a nossa saúde intelectual.

Pratique atividades físicas

É melhor do que sancionado que movimentar o corpo ao menos 3 vezes na semana auxilia a moderar a impaciência, além de comportar-se como prevenção e tratamento complementar para transtornos mentais. A exercício física libera os hormônios da felicidade (dopamina, endorfina e serotonina), promovendo o bem-estar e a uso física pelo resto do dia.

Se você não possui o comportamento, tudo bem. Procure uma exercício a qual acredita que irá apoiar e persista pelos primeiros dias.

Recomendado: Melhor antidepressivo natural

Alimente pensamentos bons

Você já percebeu que no momento em que nos lembramos de alguma coisa embaraçoso ficamos com humilhação de novo? Ou no momento em que imaginamos uma situação boa o nosso euforia aumenta de apressado? Os nossos pensamentos exercem grande influência em nossos sentimentos e aquilo que se faz. Dessa forma, vários transtornos mentais compartilham o sinal de pensamentos ruins ou desastrosos.

Ocorre que podemos trocar nossos pensamentos no momento em que quisermos. Basta começarmos a realizar mais atenção neles. No momento em que você sentir a urgência de fazer um perspectiva catastrófico relativo a uma situação complicada, visualize precisamente o ostensivo.

Logo após o estimular, pense em negócios prazerosas, revisite lembranças felizes ou liste as suas características. Brinque de analisar o futuridade e imagine surpresas boas durante do seu dia. Dessa forma, você aprende a segregar os pensamentos de má qualidade que não auxiliam em nada.

Organize o seu dia

Outra maneira de moderar a impaciência é idear o dia com primazia. Organize os seus lida domésticos e compromissos de maneira que seja de possível conhecimento. Pode ser em uma diário, em uma listagem, em um aplicativo do telefone celular ou em um mural. Dessa maneira, você reduz a imprevisibilidade e acumula autoconfiança para seguir com o dia.

Porém, encontra-se um atento: não se irrite ou se desespere com imprevisíveis. Eles são totalmente normais. Nem sempre nossos planos são seguidos à risca.

Tenha um hobbie

Ocupe a sua mente com uma exercício divertida. Se você desconhece a sua tristeza, esta orientação é também melhor, uma vez que você pode se dizer em vários hobbies até encontrá-la! A listagem de capacidade é infinita: utensílio sonante, linguagem, texto, esporte, ou uma agilidade, como elaborar ou ressaltar.

Faça elucubração

Embora da respiração profunda ter efeitos semelhantes ao da elucubração, a execução é da mesma maneira fundamental para quietar a mente e o corpo. As primeiras tentativas são complicadas. Vários também não estão acostumados a embatucar a mente.

Ao empenhar somente cinco minutos para discorrer, porém, você logo aprende a concentrar-se apenas nos sons, em seu corpo e na respiração.

Além de ter o quantidade de resultar mais placidez para a nossa vida, a elucubração auxilia a aumentar a destreza emocional. Com a mente calmaria, conseguimos captar as situações com mais acessibilidade e não nos deixamos tremer por confrontos ou pré-julgamentos.

Seja mais polido

Para ser mais polido você não necessita ir para a música todas as noites. Agendar mais almoços, cafés ou happy hours com indivíduos queridas é o satisfatório para persuadir a urgência de sociabilização. Estar com quem amamos de imediato nos deixa felizes e de bom humor.

Com a fuga do dia a dia, é possível sucumbir ao atração física de relaxar em casa ou desmarcar programas com colegas. Lute em oposição a ele!

Mude a prospectiva

Uma das qualidades marcantes da impaciência é o derrotismo. No momento em que ansiosas, as indivíduos logo focam somente no lado vão. Para combater este sinal, busque o que há de melhor em cada situação e cultive o esperança. Se a maneira como você vê a vida está aluvião de dificuldades, perrengues e stress, transforme-a!

Você similarmente pode usar essa técnica ao longo uma crise de impaciência, modificando o foco de sua absorção para uma coisa mais educado.

Durma bem

A qualidade do nosso sono reflete em nosso humor e uso. Dormir bem é fundamental para a saúde como um todo, dessa forma, crie um etiqueta noturno para dispensar-se o erosão emocional e físico. Você pode ingerir um chá, realizar uma texto rápido ou escutar um áudio relaxante.

Procure se dispensar-se de eletrônicos antes de dormir. A tv e o telefone celular são estímulos desnecessários na momento de dormir. Outra orientação é não julgar no dia posterior. Deixe para labutar com as pendências da semana no hora certo, ou seja, depois de o nascer do luz.

Como alimentar a impaciência?

Cada indivíduo desenvolve identidade com uma ou outra estratégia para moderar a impaciência. Aplicando essas técnicas no dia a dia, é possível minimizá-la e, de vantagem, cuidar da sua saúde intelectual como um todo.

No entanto, se os sinais da impaciência persistirem ou desencadearem mais mais intensos, recomenda-se buscar um psicólogo para estar certamente de um reconhecimento.

A terapia é bastante fundamental destinado a pessoas ansiosas. Além de proporcionar caminhos para conferir o transtorno de impaciência generalizada no dia a dia, investiga os possíveis elementos por após de seu começo. Durante das sessões, o paciente ganha firmeza e autarquia para moderar a impaciência, trocar comportamentos nocivos e concorrer situações, anagógico e sentimentos dolorosos que são capazes de estar afetando o presente. A terapia similarmente serve como prevenção de transtornos mentais e conexão para o autognose, não somente solucionar complicações existentes.