ENTRE A CRUZ E O CONFETE: A CARNAVALIZAÇÃO DAS FESTAS RELIGIOSAS E A REFORMA CATÓLICA EM SALVADOR (1850-1930)

Edilece Souza Couto

Resumo


As festas religiosas  baianas sempre foram mescladas de elementos do catolicismo iberico, dos grupos indfgenas e africanos e do carnaval. Para homenagear os santos, eram realizadas procissoes nas quais figuravam a cruz, as imagens, as crian<;as vestidas de anjo e os fieis paramentados.  Havia tambem desfiles de carros aleg6ricos, pessoas mascaradas e fantasiadas,  batalhas de confete e lan<;a-perfume. 0 artigo analisa algumas medidas da Igreja cat6lica para enquadrar os festejos a ortodoxia,  as estrategias dos participantes para burlar as regras impostas pelo clero e pelo poder publico, e as mudanças ocorridas  nas festividades  no perfodo de 1850 a 1930.


Palavras-chave


Festas religiosas; santos; carnavalização; reforma católica; Salvador.



________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: