A questão da formação da mão-de-obra no período da Belle Époque Argentina: o papel relevante da migração

Maria Heloiza Lenz

Resumo


No último quartel do século XIX a economia argentina experimentou um período de intenso crescimento, a Belle Époque. Dentre as características que marcaram este período destaca-se a questão da população e principalmente o papel da imigração, pela enorme contribuição que a mesma teve na performance da economia argentina. Em razão disso, o estudo do papel da mão-de-obra neste período consiste no objeto do presente artigo. A discussão desenvolve-se a partir de uma contextualização e da caracterização existente na literatura sobre este período. Além da imigração também foi examinado o papel da escravidão apesar de sua pouca participação e contribuição. A principal conclusão foi que o papel desempenhado pela imigração atribui especificidades ao caso argentino que o diferencia dos demais países ocidentais e latino-americanos.

Palavras-chave


história econômica Argentina; formação da mão-de-obra; imigração

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: