Análise da elasticidade de transmissão de preços no mercado internacional de soja

Mário A. Margarido, Frederico A. Turolla, Jocelynne Marie Fernandes

Resumo


Esse trabalho analisou a elasticidade da transmissão de preços no mercado de grão de soja entre o Porto de Rotterdam e o Brasil entre julho de 1994 e setembro de 2000, a partir de um modelo baseado em MUNDLACK e LARSON (1992). Estimou-se um modelo de correção de erros, com e sem restrições nos parâmetros. Os resultados obtidos mostraram que, no curto prazo, os preços de grão de soja no Brasil tendem a eliminar mais rapidamente os desequilíbrios transitórios comparado aos preços no Porto de Rotterdam. No longo prazo, verificou-se que variações dos preços em Rotterdam e da taxa de câmbio são transmitidas totalmente para os preços da soja no Brasil, confirmando dessa forma a Lei do Preço Único nesse mercado. Os resultados da função de resposta de impulso mostraram que, variações não antecipadas no preço da soja em Rotterdam, são transferidas para o Brasil em dois períodos distintos. No primeiro, os preços crescem de forma ascendente até o sétimo mês após o choque inicial, a partir de então, os preços tendem a se estabilizar-se ao longo do tempo. Enquanto que, variações na taxa de câmbio nominal causam bruscas oscilações nos preços da soja no Brasil.

Palavras-chave


elasticidade de transmissão de preços; modelo de correção de erros; comércio internacional; soja

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: