CAPACIDADE FISCAL E CONDIÇÃO DE VIDA NOS MUNICÍPIOS FLUMINENSES: UMA ANÁLISE MULTIVARIADA

Maria Alice Pestana de Aguiar Remy, Daniela Verzola Vaz, Silvana Nunes de Queiroz

Resumo


O trabalho tem por objetivo verificar em que medida a capacidade fiscal dos municípios do estado do Rio de Janeiro se traduz em benefícios sociais e de infraestrutura para suas respectivas populações. Para tanto, foram utilizadas as técnicas multivariadas de análise de componentes principais e de agrupamento (cluster) sobre quatro dimensões de variáveis: receitas, despesas, social e infraestrutura. Os dados foram captados do Censo Demográfico de 2000 e da Secretaria do Tesouro Nacional. Os principais resultados apontam para a grande heterogeneidade dentro do estado. Do ponto de vista fiscal há uma segmentação entre os municípios articulados à cadeia industrial do petróleo e os demais, de menor dinamismo econômico. No entanto, do ponto de vista social e de infraestrutura há padrões difusos, uma vez que os desdobramentos da maior arrecadação de royalties ainda não se traduziram em melhorias nestas dimensões.

Palavras-chave


municípios, desigualdade espacial, Rio de Janeiro

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: