O PRINCÍPIO DA INDEPENDÊNCIA DO BANCO CENTRAL: DEFINIÇÕES E ANÁLISE DO CASO BRASILEIRO

Paulo Augusto P. de Britto

Resumo


Este artigo revisita os argumentos acerca da credibilidade da política monetária e sua relação com a independência do banco central a luz da questão do problema da inconsistência intertemporal da política monetária. O artigo analisa a estrutura da autoridade monetária no Brasil, argumentando que a independência do Banco Central do Brasil é fraca, pois o Poder Executivo possui meios de interferir em suas decisões. Esse fato, acrescido da subordinação do Banco Central ao Conselho Monetário Nacional deixa dúvidas sobre a credibilidade da política monetária. Por fim, o artigo propõe medidas para elevar a credibilidade do Banco Central do Brasil.

Palavras-chave


Independência do banco central, política monetária, inconsistência dinâmica, credibilidade, autoridade monetária no Brasil

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.