INSTITUIÇÕES, LIBERDADE ECONÔMICA E CRESCIMENTO: UMA ANÁLISE DE PAÍSES DESENVOLVIDOS E EM DESENVOLVIMENTO

Reisoli Bender Filho, Cláudia Maria Sonaglio, Carlos Otávio Zamberlan

Resumo


Quantificar as diferenças no nível de crescimento econômico de países com políticas e instituições diferenciadas, como os países desenvolvidos e em desenvolvimento, e sua relação com o grau de liberdade econômica no período entre 2000 e 2007 foi o objetivo do artigo. Para isso, utilizou-se como técnica de análise um modelo com dados em painel. Os resultados obtidos indicaram que o grau de liberdade econômica, nas cinco áreas analisadas, tem influenciado o crescimento econômico. Dentre os resultados, destacam-se a influencia do comércio internacional, área para a qual se evidenciou uma relação positiva quando se analisa os países em desenvolvimento e uma relação negativa para os desenvolvidos, o que pode ser justificado por aspectos institucionais relacionados aos subsídios e demais barreiras ao comércio externo.

Palavras-chave


liberdade econômica; crescimento econômico; políticas; instituições

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: