Estrutura Produtiva e Distribuição de Renda no Brasil : Uma abordagem insumo-produto

Izak Carlos Silva, Maria Aparecida Silva Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho é identificar os setores de grande relevância na cadeia produtiva do Brasil entre 2002 e 2009 e verificar se estes contribuem para a melhor distribuição da renda. Foram calculados os índices de Rasmussen-Hisrshman e Ghosh, a decomposição estrutural para a renda e as ocupações, o índice de Gini e a renda média setorial. Concluiu-se que a indústria de transformação exerce papel chave na estrutura produtiva, os níveis de renda e ocupações apresentaram melhora, sobretudo em decorrência do efeito demanda final. O incentivo a setores específicos proporcionariam melhora na distribuição da renda e crescimento econômico.

Palavras-chave


Estrutura Produtiva; Distribuição de renda; Insumo-Produto

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L. de O.; GUILHOTO, J. J. M. Crescimento econômico e distribuição de renda: uma análise a partir das estruturas econômicas do Brasil contemporâneo. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 34., Salvador, Bahia. Anais... Salvador: ANPEC, 2006.

ARAÚJO JÚNIOR, I. T.; TAVARES, F. B. Mudanças Estruturais no Nordeste entre 1997 e 2004: Uma Análise de Insumo-Produto. Revista Econômica do Nordeste, v. 42, n. 4, p. 697-710, outubro-dezembro, 2011.

ARAÚJO JÚNIOR, I. T.; TAVARES, F. B. Estrutura Setorial da Produção e Distribuição Interpessoal de Renda no Nordeste em 2004. Revista Econômica do Nordeste, v. 44, n. 1, p. 213-240, abril, 2014.

ARAÚJO, P. Q. Estrutura produtiva e a distribuição de renda no ciclo 2004-2008 da economia brasileira, 2010. Revista do BNDES, p. 215-244. v. 36 dez/2011.

BARROS, R.; CARVALHO, M.; FRANCO, S.; MENDONÇA, R. Uma análise das principais causas da queda recente na desigualdade de renda brasileira. Rio de Janeiro, 2006. 29 p. Disponível em: . Acesso em: Acesso em: 24/04/2014.

BIELSCHOWSKY, Ricardo. Cinqüenta anos de pensamento na CEPAL: uma resenha. En: Cinqüenta anos de pensamento na CEPAL-Rio de Janeiro: Record/CEPAL, 2000-v. 1, p. 13-68, 2000.

CANO, W; SILVA, A. L. G.. Política Industrial do Governo Lula. Campinas: Unicamp. IE, 2010. 27p. (Texto para Discussão, n.181). Disponível em:

CASTRO, A. B. A Reestruturação Industrial Brasileira nos Anos 90. Uma Interpretação. Revista de Economia Política, v. 21, n. 3 (83), julho-setembro, 2001.

CAVALCANTI, J. E. A. Distribuição setorial da renda: Seus efeitos de indução na economia brasileira. Pesquisa e Planejamento Econômico, v. 27, n. 1, p. 141–184, abr/1997.

CAVALCANTI, J. E. A.. Income distributive effects in the Brazilian economy. Economic Systems Research, v. 13, n.3, p. 1–15, 2001.

De Negri, J. A., Castro, P. F. D., Souza, N. R. D., & Arbache, J. S. (2001). Mercado Formal de Trabalho: Comparaçao entre os microdados da RAIS e da PNAD. (Texto para Discussão, n.840). Disponível em: < http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2155/1/TD_840.pdf > Acesso em 15/10/2014.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIA DE SÃO PAULO. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos. Panorama da Indústria de Transformação Brasileira. Disponível em: < http://www.fiesp.com.br/indices-pesquisas-e-publicacoes/panorama-da-industria-de-transformacao-brasileira/>. Acesso em: 21/01/2014.

FERRAZ, J. C. Crescimento Econômico: A Importância da Estrutura Produtiva e da Tecnologia. Disponível em: < http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/visao/visao_45.pdf >. Acesso em: 12/01/2014.

GUILHOTO. J. J. M. Análise de insumo e Produto: Teoria e Fundamentos. Apostila de conceitos básicos de Insumo e Produto. Universidade de São Paulo – USP. 2004.

GUILHOTO, J. J. M; CONCEIÇÃO, P. H. Z.; CROCOMO, F. C. Estrutura de produção, consumo e distribuição de renda na economia brasileira: 1975 e 1980 comparados. Economia & empresa, v. 3, n. 3, p. 33-46, 1996.

GUILHOTO, J. J. M.; RODRIGUES, R. L. (2007). “Análise Setorial e Topografia da Estrutura Produtiva: As Cooperativas Agropecuárias do Paraná”. Est. Econ., São Paulo, v, 37, n, 3, p. 487-513, julho-setembro, 2007.

GUTIERRE, L. M; GUILHOTO, J. J. M.; NOGUEIRA, T. A. (2012). “Estrutura produtiva, de consumo e de formação de renda brasileira: Uma Análise de Insumo-Produto para o ano de 2008”. Est. Econ., São Paulo, v, 37, n, 3, p. 487-513, julho-setembro, 2007.

HIRSCHMAN, A. The Strategy of Economic Development. Yale University Press, 1958.

HOFFMANN, R. Estatística para economistas. 4ª. Edição revisada e ampliada. São Paulo, 2006.

HOFFMANN, R. Transferências de renda e a redução da desigualdade no Brasil e cinco regiões entre 1997 e 2004. Econômica, Revista da Pós-Graduação em Economia da UFF, v. 8, nl, p.55-81, jun. 2006.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. Consulta por Produto Interno Bruto per Capta. Disponível em: . Acesso em: 24/04/2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. Consulta por Pesquisa Anual de Serviços. Disponível em: . Acesso em 4/10/2014.

MILLER, R.; BLAIR, P. D. Input-output analysis: foundations and extensions. 2nd. ed. Cambridge, England: Cambridge University Press, 2009.

MOREIRA, G. R. C. et al. Productive structure and income distribution: the Brazilian case. The quarterly review of economics and finance, v. 48, p. 320-332, 2008.

NEREUS. Matriz de Insumo-Produto. Disponível em: .

PINTO, A. Natureza e implicações da ‘heterogeneidade estrutural’ na América Latina. In: BIELSCHOWSKY, R. (org.) Cinquenta anos de pensamento da CEPAL.. Rio de Janeiro/São Paulo: Record, Cepal, Cofecon, v. 2, 2000 p. 567-588. (1. Ed., 1970).

PREBISCH, R. (1949). O Desenvolvimento Econômico da América Latina e Alguns de Seus Problemas Principais. Disponível em: < http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rbe/article/view/2443/1767 >. Acesso em 12/01/2014.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Consulta por desenvolvimento humano no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 24 de abril de 2013.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Consulta por Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. Disponível em:. Acesso em: 12/04/2014.

SESSO FILHO, U. A.; MORETTO, A. C.; RODRIGUES. R. L.; BRENE, P. R. A.; LOPES, R. L. Decomposição Estrutural da Variação do Emprego no Brasil, 1991 - 2003. Economia Aplicada, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 99-123, agosto, 2009.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: