VARIÁVEIS ECONÔMICAS E SEUS EFEITOS SOBRE A ARRECADAÇÃO DO RGPS NO BRASIL: UMA APLICAÇÃO DO MODELO VEC PARA O PERÍODO DE 2002 A 2014

Dayane Ferreira Quintanilha, Graciela Aparecida Profeta, Simone Manhães Arêas Mérida

Resumo


O objetivo geral deste artigo é mensurar e analisar os impactos de variáveis econômicas na arrecadação do regime geral da previdência social do Brasil, no período de 2002 a 2014. Para tanto, utilizou-se de revisão de literatura para identificar os fatores que influenciam a arrecadação do RGPS e aplicou-se modelos de econométricos de séries temporais. Os principais resultados apontam que o aumento do crescimento econômico do país, medido em termos do produto interno bruto, implica positivamente na arrecadação do RGPS. Além disso, notou-se que alterações em variáveis macroeconômicas se apresentam como fatores determinantes para o comportamento do RGPS.

Palavras-chave


variáveis macroeconômicas, RGPS, econometria de séries temporais

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: