INTELECTUAIS E A DEFESA DA RELIGIÃO

Antonio Francisco da Silva

Resumo


O estudo tem como fundamento os contrastes que aparecem na atmosfera da educação e da religião com a chegada da modernidade no Brasil. As crises nesse ponto de vista e, de modo muito especial em Minas Gerais, ocorrem entre os anos de 1922 a 1965. As consequências gerais do surgimento do movimento os favoráveis às inovações da religião do povo é tão grande quanto os contrários a essas inovações. Além disso, cresce o número daqueles que se arrogam em defender a religião com seus privilégios adquiridos pelo catolicismo. Este artigo visa aproximar esses movimentos nesse período, bem como acompanhar sua continuidade em nossos dias, a partir das grandes diversidades de buscas.

Palavras-chave


modernidade; educação; religião.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.