A MULHER EM SUA SUBJETIVIDADE NO PENSAMENTO LEVINASIANO

Maria Angélica Santana

Resumo


Este artigo faz uma reflexão sobre a subjetividade feminina nas obras de Emmanuel Lévinas, em que privilegia o modelo velado do um e do múltiplo, do um e do mesmo, para o sujeito único. Fala-se da existência do outro, do amor ao outro, da preocupação com o outro, etc., sem que seja evocada a questão de quem ou o que representa o outro. Trata das particularidades do mundo feminino, mundo diferente daquele do homem, em sua relação com a linguagem do corpo (idade, saúde, beleza e, claro, a maternidade), em sua relação com trabalho, natureza e o mundo da cultura.

Palavras-chave


subjetividade feminina; o outro; filosofia ocidental; o mesmo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.