A JUVENTUDE SOLTEIRA E A SEXUALIDADE: ABORDAGEM E IMPLICAÇÕES NA PREGAÇÃO PROTESTANTE

Elivaldo Serrão Custódio

Resumo


O presente artigo tem por objetivo discutir sobre a Ética Sexual Protestante Brasileira, mais precisamente a ética sexual protestante por meio da pregação das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus em Santana, no Amapá, e as implicações para a juventude solteira diante desta mesma ética moral. O trabalho é baseado principalmente no texto de Rubem Alves Protestantismo e Repressão (1982) que trata dos limites entre o permitido e o proibido no mundo protestante, e que apresenta os pecados passíveis de pena, dentre estes, os pecados sexuais. A Igreja está envolta no cenário marcado por apelo à sexualidade, exacerbado erotismo, busca do prazer pelo prazer e, diante dessas tendências cabe-nos o desafio de repensar muitos conceitos, abrir-se para um diálogo honesto e corajoso com as novas tendências. Trata-se do resultado de um estudo exploratório de natureza qualitativa que adotou a pesquisa bibliográfica, a análise documental e o questionário como formas de investigação.

Palavras-chave


Juventude solteira; Sexualidade; Ética moral; Pregação protestante

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.