“ALEGRIA E TREMOR AO MESMO TEMPO”: ALGUNS ASPECTOS SIMBÓLICOS DO NUMINOSO EM UM HINO CLÁSSICO DO PROTESTANTISMO

Valdevino de Albuquerque Júnior

Resumo


Partindo de alguns elementos fenomenológicos observados por Rudolf Otto – e particularmente a expressão “Numinoso”, por ele elaborada – intenta-se aqui uma breve reflexão sobre um momento litúrgico de devoção das igrejas protestantes [e pentecostais] históricas, numa análise sumária de um hino comum a grande parte dessas igrejas. Por razões dedutíveis, esta proposta de análise não poderia sequer ceder à pretensão de esgotar uma temática tão ampla, tão diversa, daí tão policromática, seminal e instigadora nas leituras sobre a experiência religiosa. Antes, procura-se aqui apenas a análise de alguns aspectos do Sagrado na concepção do teólogo alemão, num olhar compartilhado com a semiótica de Peirce, com vistas a estimular futuras reflexões sobre o assunto, ampliando horizontes de compreensão sobre um elemento de suma importância nos atos religiosos: o processo comunicacional intersubjetivo.

Palavras-chave


Experiência Religiosa; Símbolo; Crenças; “O Numinoso”; Música Religiosa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1980-8305.2017.i30p185-200

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.