CORPOS, ÊXTASE E RELIGIÕES: AS REPRESENTAÇÕES DO CORPO NO CANDOMBLÉ E NO NEOPENTECOSTALIMO NA CONTEMPORANEIDADE

Victor Breno Farias Barrozo

Resumo


Resumo: Nosso objetivo no presente texto é apresentar como se dão as representações do corpo em êxtase no candomblé e no neopentecostalismo, de forma que, estas nos auxiliem na interpretação da modernidade religiosa brasileira. Para tanto, buscaremos inicialmente abordar conceitualmente as relações que existem entre corpo e religião a partir da noção do êxtase. Em seguida, tomaremos três noções de tipo-ideal da visão de mundo religiosa destas duas tradições que nos forneçam certos eixos a partir do quais se constroem as representações do corpo em êxtase em cada uma delas. Por fim, trataremos sobre as dinâmicas dos corpos extáticos no mercado religioso atual e suas transformações no cenário contemporâneo.


Palavras-chave


Corpo; Êxtase Religioso; Candomblé; Neopentecostalismo; Modernidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRERA, Paulo. Festa, corpo e culto no pentecostalismo: notas para uma antropologia do corpo no protestantismo latino-americano. Numen: Revista de estudos e pesquisa da religião, Juiz de Fora, v. 8, n. 2, p. 11-38, 2005.

BARROS, José Flávio Pessoa de; TEIXEIRA, Maria Lina Leão. O código do corpo: inscrições e marcas dos Orixás. In: MOURA, Carlos Eugênio Marcondes (org.). Candomblé: religião do corpo e da alma – tipos psicológicos nas religiões afro-brasileiras. Rio de Janeiro: Pallas, 2000.

DUCCINI, Luciana; RABELO, Miriam. As religiões afro-brasileiras no censo de 2010. In: TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata (orgs.). Religiões em movimento: o censo de 2010. Petrópolis: Vozes, 2013.

FERRETTI, Sergio. Religiões afro-brasileiras e pentecostalismo no fenômeno urbano. In: BATISTA, Paulo; PASSOS, Mauro; SILVA, Wellington. O sagrado e o urbano: diversidade, manifestações e análise. São Paulo: Paulinas. 2008, p 109-126.

FRESTON, Paul. Breve histórica do pentecostalismo brasileiro. In: ANTONIAZZI, Alberto (org.). Nem anjos, nem demônios: interpretações sociológicas do pentecostalismo. Petrópolis: Vozes, 1994.

GÓIS, Aurino José. As religiões de matrizes africanas: o Candomblé, seu espaço e sistema religioso. Horizonte, Belo Horizonte, v. 11, n. 29, p. 321-352, jan./mar. 2013.

GOLDMAN, Márcio. A construção ritual da pessoa: a possessão no candomblé. In: Religião e Sociedade. Rio de Janeiro, ISER, 12 (1), p. 22-54, 1985.

GOLDMAN, Márcio. Formas do saber e modos do ser: observações sobre multiplicidade e ontologia no candomblé. In: Religião e Sociedade. Rio de Janeiro, ISER, 25 (2), p. 102-120, 2005.

HERVIEU-LÉGER, Danièle. Representam os surtos emocionais contemporâneos o fim da secularização ou o fim da religião? Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 31-47, 1997

LE BRETON, David. A sociologia do corpo. Petrópolis: Vozes, 2007.

LEWIS, Ioan. Êxtase religioso: um estudo antropológico da possessão por espírito e do xamanismo. São Paulo: Editora Perspectiva, 1977.

MARIANO, Ricardo. Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismos no Brasil. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

_________________. Os neopentecostais e a teologia da prosperidade. Novos Estudos CEBRAP, n.°44, março 1996, pg. 24-44.

_________________. Expansão pentecostal no Brasil: o caso da Igreja Universal. JACOB, César Romero (Org.). Dossiê Religiões no Brasil. Estudos Avançados (18) 52, 2004. São Paulo: USP, p. 121-138.

MENDONÇA, Antônio Gouvêa. Protestantes, pentecostais & ecumênicos: o campo religioso e seus personagens. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2008.

ORO, Ari Pedro. Neopentecostalismo: dinheiro e magia. Ilha: Florianópolis, vol.3, n.1, novembro, 2001, p.71-85.

PRANDI, Reginaldo. As religiões afro-brasileiras em ascensão e declínio. In: TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata (orgs.). Religiões em movimento: o censo de 2010. Petrópolis: Vozes, 2013.

SANTOS, Erisvaldo Pereira dos. Formação de professores e religiões de matrizes africanas: um diálogo necessário. Belo Horizonte: Nandyala, 2010.

SILVA, Vagner Gonçalves da. Concepções religiosas afro-brasileiras e neopentecostais: uma análise simbólica. Revista USP: São Paulo, n.67, p. 150-175, setembro/novembro, 2005.

SILVA, Vagner Gonçalves da. Transes em trânsito: continuidades e rupturas entre neopentecostalismo e religiões afro-brasileiras. In: MENEZES, Renata; TEIXEIRA, Faustino (org.). As religiões no Brasil: continuidades e rupturas. Petrópolis: Vozes, 2011.




DOI: https://doi.org/10.23925/1980-8305.2019.i1p90-109

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.