A formação profilática da hanseníase no Brasil de Vargas: isolamento e legitimação de ações em Saúde Pública

Ivan Ducatti, Terezinha Martins dos Santos Souza

Resumo


Este é um levantamento histórico do isolamento de portadores de hanseníase, como política profilática no Brasil, entre as décadas de 1930 e 1960. O isolamento foi uma ação profilática generalizada, legitimada por uma elite comprometida com ideais totalitários, higienistas e eugenistas. Com Vargas, com uma legislação centralizada, fortaleceu-se o isolamento de forma indiscriminada.

Palavras-chave


Isolamento compulsório; Legislação da hanseníase; Saúde Pública

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.