Metáfora, criatividade e discurso

Zoltán Kövecses

Resumo


Segundo a visão “padrão” sobre metáforas conceituais (Lakoff e Johnson 1980; Kövecses 2002), a criatividade metafórica surge a partir dos processos cognitivos que envolvem a extensão, a elaboração, o questionamento e da combinação de conteúdo conceitual no domínio fonte (Lakoff e Turner 1989). Proporei aqui que tais casos constituem apenas uma parte da criatividade metafórica. Um conjunto igualmente importante de casos compõe-se do que chamo metáforas “contextualmente induzidas”. Discutirei aqui cinco tipos de tais metáforas: aquelas induzidas por (1) o próprio contexto linguístico imediato, (2) aquilo que sabemos a respeito das principais entidades participantes do discurso, (3) o contexto físico, (4) o cenário social, e (5) o contexto cultural imediato. Tais metáforas não têm sido investigadas sistematicamente, embora, pareçam formar uma grande parte da nossa criatividade metafórica.

Palavras-chave


metáfora; criatividade; discurso; contexto

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X