Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A submissão está dentro do tamanho exigido (entre o número mínimo e o número máximo de palavras).
  • A contribuição é original e inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • O trabalho não contém trechos idênticos a trabalhos já publicados, do/a mesmo/a autor/a ou de outros/as, a menos que a fonte e autoria desses trechos sejam identificadas propriamente. Caso contrário, a submissão se encaixará na condição de plágio ou autoplágio, o que acarretará na sua rejeição. Caso o plágio ou autoplágio venha a ser identificado em trabalho já publicado pela DELTA, esse trabalho terá sua publicação revogada.
  • A identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação por Pares Anonimizada.
  • O trabalho submetido não está disponível, inteiro ou parcialmente, na Internet ou impresso, de tal modo que seja possível identificar sua autoria.
  • O texto está todo alinhado à esquerda; as primeiras linhas de todos os parágrafos do texto não têm recuo; há uma linha entre os parágrafos; o texto está com espaçamento 1,5; usa fonte Times New Roman tamanho 12; emprega itálico ao invés de sublinhar (exceto em endereços URL); está com figuras e tabelas inseridas no texto, e não em seu final.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  • Todos os endereços de páginas na Internet (URLs), incluídas no texto (Ex.: http://www.ibict.br) estão ativos e prontos para clicar.
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word.
  • Apenas para resenhas: A obra foi publicada há no máximo 2 anos a contar do ano de submissão da resenha.

Diretrizes para Autores

 A revista DELTA aceita submissão de trabalhos em fluxo contínuo.

A revista reserva o direito de rejeitar submissões recomendadas pelos/as pareceristas, tendo em vista a disponibilidade de publicação dentro de um tempo razoável. A revista recebe um grande número de submissões, além das vagas disponíveis nos números publicados. Os artigos recomendados são selecionados pela editoria tendo em vista critérios internos de excelência acadêmica. O/A editor/a responsável pela submissão comunicará os/as autores/as da decisão de publicar ou não a submissão recomendada pelos/as pareceristas. A revista também se reserva o direito de rejeitar submissões antes de enviá-las aos/às pareceristas, tendo em vista o escopo do trabalho e sua qualidade. 

Normas para apresentação de trabalhos

Os trabalhos devem ser submetidos à DELTA  pela página de submissões, considerando-se os seguintes itens:

(1) Se o(s)/a(s) autor(es)/(as) não possui(rem) cadastro, clicar aqui para realizá-lo. Depois de cadastrado(s)/a(s), o(s)/a(s) autor(es)/a(s) poderá(ão) acessar o sistema, clicando aqui.

(2) Todo/a autor/a, para ter seu trabalho publicado na DELTA, deverá obter registro no ORCID. Para tal, consultar o link http://www.sibi.usp.br/apoio-pesquisador/identificacao-pesquisadores/orcid-2/passo-passo-obter-orcid/.

(3) No cadastro, preencher principalmente os seguintes campos: nome, e-mail, instituição (vínculo), ORCID. No campo "Resumo da Biografia", definir a titulação mais alta do/a autor/a, lugar de trabalho e função.

(4) A DELTA aceitará trabalhos de autores/as doutores/as. Não doutores/as poderão enviar trabalhos desde que acompanhados e encaminhados por um/uma doutor/a.

(5) Ao submeter um trabalho à DELTA, o(s)/a(s) autor(es)/(as) compromete(m)-se com a não submissão simultânea do mesmo trabalho a outra revista acadêmica, até que receba(m) o parecer do Conselho Editorial da DELTA rompendo o compromisso, caso o trabalho não tenha sido aceito para publicação.

(6) Os trabalhos submetidos a DELTA que utilizem dados colhidos diretamente de seres humanos devem apresentar certificação de comitê de ética ligado ao(s)/à(s) autor(es)/a(s) que autorize o uso desses dados.

(7) Trabalhos enviados à DELTA deverão ser formatados de acordo com a APA Style 7th edition (consultar https://www.apastyle.org/).

São critérios para avaliação dos trabalhos

  • conformidade com as normas de submissão;
  • relevância para a área do conhecimentos à qual se refere;
  • consistência teórica;
  • consistência metodológica;
  • referências bibliográficas atualizadas;
  • coerência com as normas técnicas.
  • escrita acadêmica idiomática; se o/a autor/a não for falante nativo/a de inglês, recomendamos fortemente que o manuscrito seja revisto por um/uma falante nativo/a antes de ser submetido. Uma escrita não idiomática pode fazer com que a sua submissão seja rejeitada.

Após submetido à comissão editorial da revista, o trabalho é atribuído a um/a editor/a que ficará a cargo do trabalho. O/A editor/a avaliará se o trabalho pode continuar a tramitar ou não. Caso o/a editor/a determine que a submissão possa continuar a tramitar, ela será encaminhada a dois/duas pareceristas. Caso contrário, a submissão será rejeitada antes do envio aos/às pareceristas (desk reject). Caso os pareceres sejam contraditórios, um/uma terceiro/a parecerista será escolhido/a pelo/a editor/a para avaliar o trabalho. O/A editor/a tem a palavra final sobre a aceitação ou não dos trabalhos. Além dos parecers, o/a editor/a levará em conta outros parâmetros para determinar se o trabalho pode ou não ser aceito para publicação. Trabalhos recomendados pelos/as pareceristas não são automaticamente aceitos.

Pareceristas serão mantidos/as no anonimato ao longo de todo o processo de edição do trabalho e após sua publicação. Durante o processo de submissão/edição, autores/as também serão mantidos/as no anonimato. Para tal, no ato da submissão, o(s)/a(s) autor(es)/a(s) deverão, no texto apresentado, substituir por XXXXXX, com ano 0000 e página ??? qualquer autocitação ou citação do(s)/a(s) autor(es)/a(s) em coautoria. Caso haja alguma identificação do(s)/a(s) autor(es)/(as) nas Referências, a obra deverá ser substituída por XXXXXX. Somente após a aprovação do trabalho, o(s)/a(s) autor(es)/a(s) deverá(ão) completar os itens eliminados.

Características do trabalho

(1) Serão aceitos trabalhos dos seguintes gêneros discursivos: artigo (teórico e aplicado), squib, ensaio, resenha, review article, observados os seguintes tamanhos dos arquivos:

  • artigo – 5.000 a 8.000 palavras
  • squib – 1.500 a 3.000 palavras
  • ensaio – 3.000 a 5.000 palavras
  • resenha – 2.500 a 4.000 palavras, de obras publicadas nos últimos 2 anos
  • review article – 5.000 a 8.000 palavras, consideradas produções dos últimos 3 anos

(2) O Título do trabalho deverá estar à esquerda, com apenas a primeira letra em maiúsculo, em negrito, seguido do título na segunda língua escolhida pelo(s)/a(s) autor(es)/a(s), também à esquerda e negrito, ambos em fonte times New Roman, tamanho 12.

(3) Dois resumos, de 150 a 180 palavras cada devem ser elaborados. Para trabalhos escritos em inglês, um resumo em português seguido de um resumo em inglês.  Para trabalhos escritos em espanhol ou francês, um resumo em espanhol (se o trabalho estiver em espanhol) ou francês (se o trabalho estiver em francês), seguido de um resumo em inglês. Para artigos, os/as autores/as devem mencionar nos resumos os objetivos da investigação, o arcabouço teórico e a metodologia utilizada, bem como os resultados obtidos. Para os outros gêneros, os/as autores/as devem certificar-se de mencionar nos resumos os pontos principais do trabalho.

(4) Após o Resumo, deverão ser apresentadas palavras-chave – mínimo 3 e máximo 5. As mesmas palavras-chave deverão ser apresentadas na segunda língua escolhida pelo(s)/a(s) autor(es)/a(s), após o resumo nessa língua.

(5) O manuscrito deve ser preparado da seguinte forma: Fonte Times New Roman, tamanho 12; margens de 1 polegada ou 2,5 cm em toda a volta; parágrafos sem recuo, espaçamento 1,5, alinhados à esquerda, separados por uma linha em branco um do outro.

(6) Notas de rodapé, numeradas a partir de 1, poderão ser utilizadas em pé de página ao longo do texto, para inserção de comentários, quando necessário. 

(7) Todo trabalho deverá apresentar seções numeradas, iniciando em (1) Introdução. Somente as seções de Referências, Agradecimentos, Conflito de Interesses e Contribuição dos/as Autores/as não deverão ser numeradas.

(8) As subseções também não devem ser numeradas e devem estar em Times New Roman tamanho 12 em itálico.

(9) Documentos complementares (ex.: anexos, apêndices) deverão ser inseridos após as Referências, numerados a partir de 1 (Ex.: Anexo 1, Apêndice 1...)

(10) Qualquer tipo de agradecimento (parceiros/as, revisores/as, agência financiadora etc.) poderá ser mencionado na seção Agradecimentos, após a conclusão. 

(11) Todos os artigos deverão conter uma declaração de conflito de interesses e contribuição dos/as autores/as, nas quais os/as autores/as devem expressar sua total responsabilidade pelo conteúdo do trabalho. O modelo para essas declarações e formatação dos trabalhos está disponível aqui.

(12) No corpo do trabalho, as citações deverão ser formatadas de acordo com as regras da APA 7a edição:

- indicação de autor(es)/a(s), pertencente à sintaxe da oração:

  • casos de um/uma ou dois/duas autores/as: ... como mostram Halliday e Matthiessen (2004, p. 152), ...; In fact, “a flexible mind is a healthy mind” (Palladino & Wade, 2010, p. 147).
  • casos de três ou mais autores/as: ... de acordo com Siegmund et al. (2008), ...;

- indicação de autor(es)/as, não pertencente à sintaxe da oração (em final da oração):

  • casos de um/uma ou dois/duas autores/as: ... relevância linguística (Santos & Alves, 2008).
  • casos de três ou mais autores/as: ... após a adaptação dos recursos tecnológicos (Silva et al., 2004), ...

(13) Referências (somente de autores(as)/documentos citados no corpo do texto) deverão ser apresentadas em ordem alfabética, ao final do texto, de acordo com as normas da APA Style 7th edition.

Exemplos:

Woo, C., & Leon, M. (2013). Environmental enrichment as an effective treatment for autism: A randomized controlled trial. Behavioral Neuroscience, 127, 487–497. http://dx.doi.org/10.1037/a0033010

Labov, W. (2001). Principles of Linguistic Change. Blackwell. https://doi.org/10.1002/9781444327496

Lobato, L. (2000). Formal features and parameter setting: A view from Portuguese past participles in romance future tense. DELTA, 16(Especial), 99-128. https://doi.org/10.1590/S0102-44502000000300004

Oliveira, M. A., & Braga, M. L. (1997). On Focusing sentences in Brazilian Portuguese. In G. R. Guy, C. Feagin, D. Schiffrin, & J. Baugh (Eds.), Towards a Social Science of Language, vol.2, Social Interactional Discourse Structures (pp. 207-221). John Benjamins. https://doi.org/10.1075/cilt.127.

(14) Tabelas, figuras e gráficos deverão apresentar título (apenas a primeira letra maiúscula), ser inseridos no texto logo após serem citados, e identificados de acordo com a APA Style 7th edition. Em caso de figuras, é importante que sejam gravadas em formato png, com no mínimo 600 dpi.

(15) Caso seja necessário o uso de ênfase ao longo do texto, utilizar itálico e não negrito ou sublinhado.

(16) Não utilizar idem, ibidem no corpo do texto.

(17) Os/As autores/as cujos artigos forem aceitos deverão apresentar um vídeo abstract do seu trabalho.

Obs.: DELTA detém o "copyright" dos trabalhos a ela submetidos, exceto nos casos em que está impresso o contrário. Os trabalhos submetidos à revista não devem ser retirados pelo(s) autor(es) depois de iniciado o processo de avaliação.

Normas para a submissão de vídeo abstracts para a Revista DELTA

A Comissão de Open Science da DELTA decidiu pela obrigatoriedade da submissão de um vídeo abstract dos artigos aceitos a fim de aumentar a visibilidade da pesquisa. Após o aceite do artigo pela revista, os/as autores/as deverão submeter seu vídeo abstract produzido conforme as normas a seguir. Para enviar seus vídeos ao DELTA, os/as autores/as devem primeiro enviar o vídeo para um serviço de compartilhamento de vídeo como YouTube, Vimeo, Rumble, Facebook, etc. Assim que o vídeo estiver na web, os/as autores/as devem copiar o URL do vídeo e colá-lo na planilha disponível neste link, juntamente com mais informações sobre o vídeo.

O que é um Vídeo Abstract?

O gênero discursivo VIDEO ABSTRACT/VÍDEO RESUMO/VIDEO RESUMEN caracteriza-se como uma peça de divulgação científica e como uma chamada à leitura de artigos científicos e pesquisas que estão sendo publicadas. Um VÍDEO ABSTRACT acompanha um artigo em um dado periódico, antecipando ao leitor alguns pontos relevantes da publicação. O objetivo de um VÍDEO ABSTRACT é incentivar o leitor a acessar o periódico e ler o artigo. Para isso, o VÍDEO ABSTRACT precisa conter os aspectos principais do artigo e, ao mesmo tempo, mostrar-se lúdico, com elementos multimodais provocativos/sugestivos (fotos, gráficos, esquemas, mapas mentais). Uma sugestão seria iniciá-lo por uma pergunta problematizadora, ou por um exemplo específico relacionado à pesquisa apresentada no artigo, que sejam desenvolvidos para manter o interesse do/a leitor/a. O objetivo do VÍDEO ABSTRACT é capturar a atenção do público alvo e incentivar a leitura de seu artigo. Caso você decida usar  slides do tipo Powerpoint, evite textos longos. Opte por topicalizar as informações que deseja compartilhar e utilize letras grandes para evitar congestionamento de informações na tela.

Exemplo de um Video Abstract/Vídeo Resumo/Video Resumen https://drive.google.com/file/d/1RqWbIq5xmVIp37Jya90P7FIGKVprrrj0/view?usp=sharing

O que pode conter um VÍDEO ABSTRACT?

  • Linguagem informal
  • Pergunta problematizadora.
  • Contextualização do artigo.
  • Objetivos da pesquisa apresentada no artigo.
  • Indicação sumária da base teórica e metodológica que sustentam a pesquisa.
  • Descobertas e relações relevantes entre teoria e contexto investigado, preferencialmente acompanhadas de um exemplo significativo extraído do artigo.
  • Síntese dos resultados encontrados.

Observe que os itens em negrito são essenciais. Quanto aos outros, fica a seu critério apresentá-los ou não. Lembre-se de que o objetivo maior do VIDEO ABSTRACT é a divulgação da pesquisa ao público em geral, incluindo mas não se limitando ao público acadêmico.

Quanto tempo deve durar um VIDEO ABSTRACT?

  • Entre 3 e 4 minutos.

Como produzir um VIDEO ABSTRACT?

  • O/A autor/a poderá optar por produzir o vídeo em qualquer uma das línguas aceitas pela DELTA, isto é, português, inglês, espanhol e francês.
  • O/a autor/a poderá simplesmente gravar um vídeo com seu celular, falando sobre o artigo publicado, ou preparar um vídeo por meio de recursos gráficos, o que provavelmente chamaria mais a atenção do leitor.
  • O vídeo deve ser gravado na horizontal.
  • A criação/elaboração de um script para o vídeo é muito importante. Isso ajudará a inserir aquilo que, de fato, é relevante ao/à leitor/a, mantendo-o/a interessado/a no conteúdo da pesquisa apresentada no artigo.
  • Não é necessário que o/a autor/a do artigo grave o vídeo ele/ela mesmo/a. O/A autor/a poderá optar por não aparecer no vídeo e delegar a um/uma terceiro/a a gravação da voz.
  • O principal objetivo do video abstract é a adesão de leitores/as ao artigo. Isso significa que é importante usar uma linguagem clara e simples, para que leitores/as de outras áreas e campos do saber se sintam instigados/as a ler o trabalho. Se a linguagem utilizada for muito técnica, certamente haverá leitores/as que não se sentirão convidados/as à leitura.
  • É muito importante o cuidado com o background e a iluminação do ambiente: fundo preferencialmente liso, de cor neutra.
  • A elaboração de um vídeo "teste", que possa ser editado, é recomendável, para que se evite enviar várias versões de um mesmo vídeo.

Possibilidades:

  • Gravar uma sequência de slides em um programa de apresentação e articulá-la às explicações em áudio;
  • Filmar uma sequência de cenas,  com a câmera do celular ou do computador, explicando o conteúdo do artigo;
  • Inserir um/a colega ou um/a personagem de animação com quem se possa conversar sobre o artigo publicado;
  • Pedir para alguém filmar;
  • Gravar via Zoom, Loom, Skype, etc.;
  • Utilizar algum aplicativo para editar o vídeo (sugestões: Kapwing, Shotcut, Davinci Resolve - aplicativos grátis, sem marca d'água).

O que pensar antes de começar a produção do video:

  • Seja breve: três minutos ou menos é perfeito. Escrever um script (mesmo que apenas alguns pontos) com antecedência pode ajudá-lo.
  • Seja claro: diga aos outros o objetivo de sua pesquisa, qual metodologia você usou, o que encontrou e suas implicações. Faça as pessoas quererem descobrir mais.
  • Use linguagem acessível: os resumos em vídeo podem ser uma ótima maneira de envolver pessoas fora do seu campo; portanto, use linguagem menos técnica e seja sucinto.
  • Use imagens: as figuras falam mais que mil palavras. Inclua qualquer coisa que ajude a explicar o foco do seu artigo — imagens, gráficos, tabelas.
  • Seja ouvido: verifique se o áudio está limpo. Escolha um local silencioso para filmar, pois o ruído de fundo pode ser perturbador, e use um microfone plugado.
  • Elabore slides legíveis: se você estiver usando slides da apresentação com texto ou imagens, verifique se não há muito conteúdo no slide, para que outras pessoas possam lê-los facilmente enquanto ouvem você falar.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.