Práticas de linguagem na realidade da sala de aula: contribuições da pesquisa de cunho etnográfico em Linguística Aplicada

Maria Inêz Probst Lucena

Resumo


Neste trabalho discuto princípios da perspectiva etnográfica que orientam estudos acerca de práticas de linguagem em contextos escolares no grupo de pesquisa Educação Linguística e Pós-colonialismo. Diante de uma política globalizada, a reflexão crítica sobre práticas de linguagem em contextos escolares tornou-se imperativa. Destaco a necessidade da pesquisa nesses espaços ser pensada a partir de paradigmas epistemológicos que contemplem as exigências da contemporaneidade. Apresento, a partir de resultados de investigações em salas de aula de línguas, exemplos de práticas de linguagem que evidenciam usos translingues e performances linguísticas criativas. Essas manifestações linguísticas, muitas vezes consideradas à margem sob a ótica dos cânones racionalistas, podem ser consideradas legítimas quando problematizadas por paradigmas epistemológicos que dão sentido à prática.

Palavras-chave


Pesquisa de cunho etnográfico; epistemologia; práticas de linguagem; contextos escolares

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X