Letramento e legitimidade de poder em contextos institucionais

Inês Signorini

Resumo


Ultimamente, o número de adultos com pouco tempo de espera (0-4 anos) sendo eleitos para ocupar cargos no governo local aumentou consideravelmente no Brasil, especialmente no caso das prefeituras. O objetivo deste artigo é examinar o conflito inerente nesse processo de ascensão dos analfabetos a posições de poder em que as regras de funcionamento seguem os principais padrões burocráticos. Os dados provêm da análise de uma sessão do conselho da cidade em que o prefeito de uma pequena cidade de uma região não industrializada enviou um esboço do orçamento e da análise de entrevistas e diários gravados. Através de análises etnográficas e discursivas, mostramos que a maioria dos votos não tem acesso à discussão e não afeta significativamente o resultado, uma vez que isso é controlado pela burocracia do governo local.


Palavras-chave


letramento; ideologia lingüística; letramento e poder; comunicação política; comunicação intercultural

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X