Metáfora, cognição e ensino de leitura

Mara Sophia Zanotto

Resumo


A intensa pesquisa interdisciplinar sobre metáfora, realizada nos últimos vinte anos, produziu uma abordagem totalmente nova para essa figura retórica: ela não é mais considerada uma figura lingüística simples. Em vez disso, acabou sendo considerada uma operação cognitiva fundamental "Em outras palavras, a metáfora não se refere primariamente a uma figura de linguagem, mas a uma forma fundamental de conhecimento do homem". (Haskell, 1987: XII) Embora esse tipo de pesquisa tenha produzido algumas idéias interessantes, "a natureza da metáfora e como e por que ela permeia todos os aspectos da cognição permanecem enigmáticas" (Indurkya, 1991: 1). Uma das maneiras de explorar os aspectos cognitivos da metáfora é tentar descobrir os processos mentais envolvidos na compreensão de novas metáforas. Com esse objetivo em mente, realizei uma investigação qualitativa empírica sobre o processo de compreensão de metáforas e o processo de explicação de enigmas.


Palavras-chave


metáfora; cognição; leitura; compreensão; similaridade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X