O plano de texto do artigo científico: caracterização e perspectivas didáticas

Paulo Nunes da Silva, Rute Rosa

Resumo


Este artigo tem como objetivo explicitar as principais propriedades dos planos de texto de quatro artigos científicos produzidos em áreas disciplinares distintas (Ciências vs. Ciências Sociais e Humanas/Humanidades), com vista a uma aplicação ao ensino de gêneros, no âmbito da promoção do letramento acadêmico e, mais especificamente, da didática dos gêneros. Privilegia-se o quadro teórico do Interacionismo Sociodiscursivo (Bronckart [1997] 1999, 2010), as propostas da escola de língua francesa da Linguística Textual (Adam 2001) e os princípios da Didática dos Gêneros (Schneuwly e Dolz 2004; Dolz e Gagnon 2008; Dolz 2011). Para tal, foi adotada uma abordagem descendente, partindo do social para os textos e privilegiando uma metodologia de análise qualitativa de cunho descritivo, de acordo com a qual se procedeu à análise comparativa das propriedades de quatro exemplares do gênero artigo científico, inscritos em diferentes áreas de investigação. Os dados obtidos mostram a grande flexibilidade do gênero artigo científico a nível do plano de texto, sendo evidenciadas diversas adaptações em função da área de investigação em que cada texto é produzido.


Palavras-chave


Plano de texto; Artigo científico; Gêneros acadêmicos; Ensino dos gêneros

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X