O impacto das propriedades fonológicas das palavras em tarefas de consciência fonológica

Roberta Freitas Dias, Carolina Lisbôa Mezzomo

Resumo


Este estudo teve como objetivo investigar o impacto da extensão de palavra, da complexidade silábica e das propriedades segmentais - modo articulatório (MA) em tarefas de consciência fonológica, em crianças com desenvolvimento fonológico típico e com desvio fonológico. Participaram 80 sujeitos, na faixa etária dos 6:0, divididos em: grupo com desenvolvimento fonológico típico (GDFT) e grupo com desvio fonológico (GDF). Elaborou-se duas tarefas de consciência fonológica: segmentação silábica e identificação segmental. Foram analisadas a extensão de palavra, a complexidade silábica e as propriedades segmentais (MA). Utilizou-se o teste Qui-Quadrado, significância de 5%. Para extensão de palavra, os resultados foram significantes para os dois grupos, com segmentações corretas, principalmente, para dissílabas. Para a complexidade silábica, palavras formadas por onset complexo foram significantemente segmentadas corretamente, apenas pelo GDFT. Quanto às propriedades segmentais (MA), palavras com coda formada por líquida não lateral foram segmentadas de forma correta pelo GDFT. O GDFT obteve porcentagens de acertos, significantemente, maiores para a tarefa silábica e o total de acertos comparado ao GDF. As propriedades fonológicas analisadas influenciaram no desempenho das tarefas de consciência fonológica aplicadas. O grupo GDF obteve resultados inferiores nas tarefas aplicadas comparado ao grupo GDFT.


Palavras-chave


Criança; Linguística; Comportamento Verbal; Percepção da Fala

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X