Manejo do paciente com infarto agudo do miocárdio atendido no SUS

Emerson de Albuquerque Seixas, Maria Flávia de Andrade Saraiva

Resumo


Introdução: O Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) é causado pela interrupção do fluxo sanguíneo nas artérias coronárias que irrigam o miocárdio. Trata-se de um evento com alta prevalência, que necessita de internação hospitalar e rápido tratamento. Objetivos: Descrever um caso de IAM que recebeu terapia trombolítica incompleta e realizou angioplastia parcial; Metodologia: Relato de caso de paciente internado no Conjunto Hospitalar de Sorocaba; Relato de Caso: SSA, 74anos, masculino, hipertenso e diabético há 20 anos, procurou o Pronto-Socorro na origem no dia 01/09/2015 com quadro de dor precordial intensa, após realização de esforço físico. Ao exame físico, apresentava-se taquicárdico (FC:150bpm) e hipertenso (PA:230X120mmHg).Foi realizado ECG, que evidenciou supradesnivelamento do segmento ST em parede anterior extensa (de V1 a V5,DI e aVL). Foi optado pelo tratamento com agente trombolítico, porém o local só dispunha de metade da dose recomendada. Então foi transferido para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba, onde foi optado por não realizar o restante da medicação. Cateterismo cardíaco realizado somente 14 dias depois, evidenciando 4 lesões. Realizada uma angioplastia com implante de apenas 2 stents. Foi solicitado nova angioplastia, que foi negada. Recebeu alta e atualmente aguarda a liberação do procedimento via ambulatorial, com quadro de angina estável. Conclusões: O relato reforça a necessidade da melhoria das condições de atendimento e tratamento de pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio no SUS.

Palavras-chave


infarto agudo do miocárdio; terapia trombolítica; angioplastia

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840



Apoio: ..............................................................................................................................................

  



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.