Avaliação da resposta tecidual a hidrogéis injetáveis – análise in vivo

Newton Maciel de Oliveira, Igor de Oliveira Roversi

Resumo


A Medicina Regenerativa e Reparativa visa restaurar e regenerar tecidos humanos a fim de retornarem às suas funções normais, para isso objetivo utilizam-se biomateriais que simulem as características da matriz extracelular original. Nessa classe de materiais há o aumento do uso de biomateriais biorreabsorvíveis em detrimento dos bioestáveis, destacando-se os hidrogéis. Esses polímeros essencialmente hidrofílicos apresentam características fundamentais nas aplicações regenerativas, pois têm alto grau de biocompatibilidade, variedade de formatos possíveis e manutenção da fisiologia celular. Este estudo visou compreender a reação histológica e celular e degradação do hidrogel de injetável e termossensível in vivo. Para isso este hidrogel foi implantado por via injetável no tecido subcutâneo do dorso de 20 ratos Wistar divididos em grupos de 4 animais. Posterior aos períodos de 1, 3, 5, 7 e 14 dias foi realizado o sacrifício e processamento do material para análise de imagens e histológica. Em análise histológica observou-se infiltrado inflamatório perilesional de macrófagos contendo grânulos negros em seu citoplasma com gradual diminuição dessa celularidade nos tempos maiores, neovascularização em regiões adjacentes, formação de cavidades no sítio de implante, biocompatibilidade em relação ao tecido conjuntivo adjacente, integração com o tecido por lâmina inflamatório-cicatricial e tempo de degradação do hidrogel no período entre 7 a 14. O hidrogel pode ser aplicado na distribuição localizada de fármacos e fatores de crescimento/diferenciação dada sua característica de compartimentalização e neovascularização.


Palavras-chave


medicina regenerativa; engenharia tecidual; hidrogel; materiais biocompatíveis

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.