Gestos e agir didático do professor de língua portuguesa: entre o gênero textual e a gramática

Carla Messias Ribeiro da Silva-Hardmeyer

Resumo


Neste artigo, apresentamos um estudo de caso que mostra uma das problemáticas enfrentadas por um professor “como integrar o estudo do gênero ao ensino da gramática?”, a partir da análise das atividades escolares, dos gestos e do agir didático desse professor em uma situação de ensino. A base teórica e metodológica utilizada tem aportes na Linguística Aplicada (MACHADO, 2009; 2010; BRONCKART, 1999; MACHADO; BRONCKART, 2009; MACHADO; LOUSADA; FERREIRA, 2011; SILVA, 2013) e na Didática de Línguas (SCHNEUWLY; DOLZ, 2009). Os resultados mostram os tipos de atividades escolares utilizadas, as dificuldades presentes na ação do professor em integrar os dois conteúdos, bem como, os gestos didáticos que constituem o agir do professor nesse contexto específico. De um lado, esses resultados apresentam a importância de considerar o contexto de ensino, os atores (professores) e suas experiências e as ações didáticas como elementos e objetos de uma formação continuada; de outro lado, como usar esses resultados em uma (auto) avaliação do trabalho e das ações do docente em sala de aula.


Palavras-chave


atividade escolar, gesto e agir didático, genêro textual e gramática

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM