MARIA E O ESPÍRITO SANTO

Douglas Pinheiro

Resumo


Douglas Pinheiro Lima, tem 25 anos e é seminarista da Diocese de Osasco. Licenciado em Filosofia e bacharelando em Teologia pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção (PUC-SP). Contato: fogo_douglas@hotmail.com. Artigo escrito sob a orientação do Prof. Dr. Pedro K. Iwashita CSSp.

A relação entre Maria e o Espírito Santo pode ser apontada em passagens da Escritura que nos fornecem segurança suficiente para afirmar que se trata de uma relação distinta das que as demais criaturas podem ter com Deus. Esta relação é um modelo da integração desejada por Deus com a sua Igreja. Percebe-se que muitas das menções feitas ao Espírito Santo no novo testamento possuem Maria como personagem do respectivo contexto. Sendo ela mesma uma obra prima do Espírito, é citada na intenção de servir como protótipo daquilo a que se refere o texto. É com base nesta afirmação que Maria é um ponto de partida para a eclesiologia e para a pneumatologia desde longa tradição na Igreja. Um estudo sobre Maria e o Espírito Santo visam, portanto, fornecer elementos de elaboração teológica para estes dois tratados de fundamental relevância.

Palavras-chave


Maria; Espírito Santo; Imaculada; Pentecostes Igreja

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: