O Culto à Deusa na Índia: Uma Breve História do Desenvolvimento do Śaktismo nos Purāṇa

Flávia Bianchini

Resumo


O Śaktismo é uma corrente religiosa que considera a Grande Deusa indiana (Mahā Devī, ou Śakti) como divindade suprema. Desde a mais remota Antiguidade, encontram-se diversas deusas (devī) na tradição religiosa indiana, mas elas possuem papel secundário na literatura sagrada mais antiga. Essa situação muda nas escrituras indianas conhecidas como Purāṇa, que demarcam o período cultural da Índia denominado como “Período Purânico”, que começa no início da era cristã. Nesse período, na história da Índia, nascem ou se desenvolvem diversos movimentos devocionais religiosos que adquirem força e influência, redefinindo o Hinduísmo em muitos aspectos. Nesse contexto surge o Śaktismo como um culto independente de adoração à Deusa, ou seja, um culto no qual se enfatiza o princípio feminino como realidade suprema última, com uma filosofia distinta, como um movimento autônomo e reconhecido no panorama religioso hindu. Iremos avaliar e definir a relevância e o papel dos Purāṇa na instituição e independência do culto à Śakti, no que vem sendo chamado de “cristalização da tradição da Deusa”, um movimento que se completa no Devī-Bhāgavata Purāṇa

Palavras-chave


religião indiana, Śāktismo, Grande Deusa, Purāṇas, Devī-Bhāgavata Purāṇa, Śakti

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais