A difusão do ethos Nova Era e o declínio de seus estudos acadêmicos no Brasil

Silas Guerriero, Fabio L. Stern, Marcelino de Queiroz Bessa

Resumo


O movimento da Nova Era sofreu modificações ao longo do tempo. No início, na década de 1960, apresentava características mais milenaristas e ficava restrito a círculos específicos. Após alguns anos, seus componentes constitutivos passaram a ser difundidos na sociedade e incorporados na cultura mais ampla, formando um ethos nova era. O presente artigo procurou perceber, através de uma pesquisa no site de busca da Internet, o Google, a variação de procura desses elementos na sociedade brasileira. Em seguida, buscou levantar se houve uma variação compatível entre os estudos da Nova Era nos meios acadêmicos. Chegou à conclusão de que embora os valores da Nova Era tenham se disseminado na sociedade, não houve um aumento no número de estudos sobre a temática indicando uma possível desatenção por parte dos estudiosos e cientistas da religião. 


Palavras-chave


Ethos nova era; Estudos de Nova Era; Google Trends; Constituintes da Nova Era; Espiritualidade Novaerista

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 REVER - Revista de Estudos da Religião - ISSN 1677-1222