Experiências do espaço e sagrados contemporâneos: breve leitura comparativa dos espaços arquitetônicos de Fátima e de Aparecida

João Manuel Duque

Resumo


O artigo inicia com uma proposta de interpretação das edificações “religiosas” como configurações do espaço que, “transfigurando” o espaço quotidiano, permitem experiências do sagrado contextualizadas culturalmente e mesmo pessoalmente. No âmbito dessas edificações, assumem especial destaque os santuários, pois reinterpretam não só o espaço interior mas também exterior, “transfigurando” as paisagens em que se inserem. Como aplicação desta tese, apresenta-se uma breve descrição dos espaços arquitetônicos de Fátima e de Aparecida, permitindo avaliar comparativamente as experiências do sagrado promovidas pelas respetivas edificações, na sua semelhança mas também na sua diferença.


Palavras-chave


Sagrado. Espaço. Peregrinação. Arquitetura. Religião

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2018vol19i1a7

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVER - Revista de Estudos da Religião