Decolonialidade e práticas emancipatórias: a SOTER e o seu compromisso social

Gilberto Dias Nunes, José Aguiar Nobre

Resumo


Como um relato de experiência, o texto pretende fazer ecoar a grande relevância do trabalho da SOTER (Sociedade de Teologia e Ciências da Religião), que há 32 anos vem refletindo sobre as temáticas mais intrigantes e necessárias para a defesa da vida e o avanço nos debates em torno do sentido da vida, bem como da construção de espaço de diálogos e reflexões acerca dos problemas da contemporaneidade. O trigésimo segundo congresso internacional, deste ano de 2019, não foi diferente. Em torno da problemática da decolonialidade como busca de práticas emancipatórias, os congressistas se debruçaram para refletir, partilhar e debater. Com uma programação admirável e intensa, o congresso se realizou entre os dias 09 a 12 de julho, sediado na PUC-Minas.


Palavras-chave


Decolonialidade; Desafios; Resistência; Perspectivas; Emancipação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2019vol19i2a18

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 REVER - Revista de Estudos da Religião