O olhar do docente acerca dos alunos que trabalham inseridos nas metodologias ativas de aprendizagem

Tiago Oliveira Melo, Dirce Setsuko Tacahashi, Paola Patricia Santos Freitas, Patricia Nunes Oliveira

Resumo


Objetivo: o presente estudo apresenta-se como uma das possibilidades de aproximação à realidade do aluno que trabalha do Curso de Enfermagem da PUC/SP, na tentativa de compreender o papel do docente no processo de aquisição de competências indicadas no Projeto Pedagógico e alcançadas através das Metodologias Ativas. Método: para identificar a caracterização do perfil acadêmico do corpo docente, bem como a sua percepção quanto à capacidade de aprendizagem do aluno que trabalhada, 25 docentes atuantes entre o 1ª e o 4ª ano responderam um questionário com questões fechadas/abertas e uma entrevista gravada. O material empírico foi organizado segundo técnica do Discurso do Sujeito Coletivo e procedeu-se a discussão fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Resultados: foram encontrados nos quatorze temas essenciais a importância desse método para o aprendizado efetivo do aluno que trabalha. O docente tem o papel de facilitador neste processo didático pedagógico. Conclusão: nesta pesquisa dirigiu-se o olhar para os docentes do Curso de Enfermagem de uma única instituição, por isso não se tem a pretensão de generalização. Entretanto, é muito importante destacar que para um curso ancorado na Aprendizagem Baseada em Problemas seja eficaz é preciso constante discussão e reflexão entre docentes e discentes sobre novas estratégias que possam minimizar as dificuldades enfrentadas pelos alunos que trabalham para uma aprendizagem efetiva.


Palavras-chave


docentes; docentes de enfermagem; educação em enfermagem; aprendizagem baseada em problemas

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional da Educação.Câmara de Educação Superior CNE/CES n.3, nov/2001.Institui as diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação e Enfermagem. Diário Of União, Brasilia, nov. 2001, seção 1, p. 37.

Fernandes JD, Xavier IM, Ceribelli MIPF, Bianco MHC, Maeda D, Rodrigues MVC. Diretrizes curriculares e estratégias para implantação de uma nova proposta pedagógica. Rev Esc Enferm USP. 2005;39(4):443-9.

Véras MPB, Sawaia BB, Rodrigues CIS, Senger MH, Duarte LR, Tacahashi DS. Projeto Pedagógico do Curso de Enfermagem. Sorocaba: Pontifícia Universidade Católica São Paulo, Centro de Ciências Médicas e Biológicas, Faculdade de Ciências Médicas, Curso de Enfermagem; 2008.

Tacashahi DS, Freitas PP, Oliveira PN, Melo TO. Aluno Trabalhador X Metodologia Ativa: enfoque na superação da aprendizagem efetiva, trabalho de iniciação cientifica da Pontifícia Universidade Católica, 2012. (no prelo).

Mitre SM, Batista RS, Mendonça JMG, Pinto NMM, Meirelles CAB, Porto CP, et.al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciênc Saúde Coletiva. 2008;13(supl2):2133-44.

Lefèvre F, Lefèvre AMC. O discurso do sujeito coletivo: um novo enfoque em pesquisa qualitativa. Rio Grande do Sul: EDCS; 2003.

Moscovici S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar; 1978.

Rozendo CA, Casagrande LDR, Schneider JF, Pardini JC. Uma análise das práticas docentes de professores universitários da área de saúde. Rev.Latino-am Enfermagem. 1999;7(2):15-23.

Almeida MCP, Rocha SMM, organizadoras. O trabalho de enfermagem. São Paulo: Cortez; 1997.

Ferreira ABH. Dicionário Aurélio Básico da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 1988.

Brasil. Ministério da Educação. Lei nº 9.394, 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Of. União, Brasília, 1996; Seção 1, p. 833-41.

Giordani EM, Scremim G. Formação e atuação do professor universitário. (Apresentação de Trabalho/Comunicação). 2006.

Brasil. Ministério da Educação e Cultura. Nota do Enade do Curso de Enfermagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUCSP [Internet]. Brasília: e-MEC; [2013] [acesso em 20 out. 2013]. Disponível em: http://emec.mec.gov.br/emec/consulta-cadastro/detalhamento/d96957f455f6405d14c6542552b0f6eb/NTQ2/9f1aa921d96ca1df24a34474cc171f61/MjI.

Cardoso RCL, Sampaio H. Estudante universitário e o trabalho. Rev Bras Ciênc Soc. 1994;9(26):1-31.

Freire P. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra; 1996.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.